sexta-feira, abril 04, 2014

Atestado de virgindade

Cruzei-me com este texto há alguns dias. 
É um certificado requisitado durante séculos e que, como os certificados de bons costumes exigidos para cargos públicos, passados pelos párocos a troco de umas moedas, ou pelo chefe da polícia a troco de uns copos de três, eram exigidos às mulheres antes de casarem, e normalmente atestados por parteiras experimentadas. 
É digno de ser lido. 
Perdoem o vernáculo, mas a senhora não tinha formação académica.

Atestado de Birgindade

 

Eu, Bárbara Emília, parteira que sou de Coyra, atesto e certufico pela minha onra que Maria de Jesus tem as partes fodengas talinqual como veyo ao mundo insceto umas pequenas noidas negras junto ao alto do monte da crica que a não seren de nacenssa sarão porvenientes de marradas de piça.

Por ser verdade pasei o prezente atestado de virgindade.

Bárbara Emília das Dores

1 comentário:

Diga, diga: